Artigos marcados com ‘DVD’

FILME EM SALA DE AULA: O Poder do Mito.

o-poder-do-mit

Se Joseph Campbell não tivesse publicado a sua obra O Herói de Mil Faces (primeira edição de 1949), George Lucas não teria escrito e dirigido Guerra nas Estrelas (1977). Não é nenhum exagero afirmar isso. É uma opinião do próprio G. Lucas, num depoimento que aparece na coleção de DVD’s O Poder do Mito.

Seria injusto e inapropriado definir Campbell como “aquele que inspirou Guerra nas Estrelas”. Joseph Campbell é um estudioso de mitologia. Seu interesse não é a mitologia grega, como o leitor pode pensar. Seu interesse é na mitologia criada pela humanidade, independente do período história ou da região. O que ele busca é a coincidência das narrativas mitologias, como se elas representassem uma essência humana. De fato, mesmo relativamente desconhecido do grande público brasileiro, Campbell já foi até mesmo comparado (com certo exagero) a Freud e Jung. Talvez seja melhor ficar num meio termo e considerar que Campbell é de uma erudição extraordinária, mas não teve a mesma importância que a dupla acima citada.

Professor, em sala de aula, caso algum dia queria trabalhar com o tema “mitologia”, por que não analisar Guerra nas Estrelas, buscando o que há de mitológico no enredo do filme. Por exemplo: a jornada do herói - Luke Skywalker como o Perseu do tempo contemporâneo. Para melhor entendimento do significado completo da idéia de “jornada do herói”, é interessante também assistir (ou passar em sala de aula) o documentário de Campbell, A Jornada do Herói, que o professor(a) pode encontrar no DVD, O Poder do Mito.

Em síntese, a idéia de Campbell é de que todas as narrativas mitológicas que envolvem heróis são iguais: o herói é retirado de sua casa, vila, país e sai em busca de algo, seja o próprio pai, como Telêmaco, ou glória, como Aquiles. O aluno poderá se interessar por esta construção, pois ela de certa forma representa o amadurecimento de qualquer ser humano e o abandono do ambiento familiar.

PARA REFLETIR: Diálogo entre sociólogos

sociologia-no-ensino-medio

Educador, você conhece a coleção de DVD’s “Sociologia no Ensino Médio: questões práticas”? Neste DVD, produzido pela ATTA, há um diálogo entre dois sociólogos (Amaury Cesar Moraes e Nelson D. Jomazi), tendo como problemática as seguintes questões:

• Como pensar num currículo de Sociologia para o Ensino Médio? Quais temas são pertinentes?
• Qual o melhor formato para uma aula?
• Quais as ferramentas didáticas (cinema, televisão) que o professor necessita usar em sala de aula para atrair e suscitar a imaginação sociologia do aluno? Como usar esses recursos?

Fica claro que o público-alvo do diálogo é o professor de Sociologia que acabou de sair da Universidade e agora se vê no desafio de dar aulas para adolescentes. Tanto Amaury, quanto Nelson tem uma visão crítica do que eles entendem como uma tentação do professor recém-ingresso no ambiente escolar, em criar “mini-sociólogos” (ou seja, a repetição do curso da faculdade na escola).

Entretanto, ambos entendem que a Sociologia no Ensino Médio tem um papel central na formação intelectual do aluno: levar o aluno a estranhar a realidade que o cerca, não a vendo como imutável e natural.