Acontecimentos Históricos

Queda do muro de Berlim

(1989)

 

   Antes de tudo, o muro de Berlim era uma barreira física, construída pela República Democrática Alemã (Alemanha Oriental) durante a guerra fria, que circundava toda a Berlim Ocidental, separando-a da Alemanha Oriental, incluindo Berlim Oriental. Este muro, além de dividir a cidade de Berlim ao meio, simbolizava a divisão do mundo em dois blocos ou partes: Republica Federal da Alemanha (RFA), que era constituído pelos países capitalistas encabeçados pelos Estados Unidos ; e Republica Democrática Alemã (RDA), constituído pelos países socialistas simpatizantes do regime totalitário soviético , o muro foi construído na madrugada de 13 de agosto de 1961.

    O Muro de Berlim começou a ser derrubado na noite de 9 de Novembro  de 1989 depois de 28 anos de existência. O evento é conhecido como “a queda do muro”. Antes da sua queda, houve grandes manifestações em que, entre outras coisas, se pedia a liberdade de viajar.

     A queda do muro foi um ato simbólico que marcou o fim da guerra fria. Muitas pessoas viram a abertura da fronteira na televisão e pouco depois marcharam à fronteira. Como muitas pessoas já dormiam quando a fronteira se abriu, na manhã do dia 10 de Novembro havia grandes multidões de pessoas querendo passar pela fronteira.

    Os cidadãos da RDA foram recebidos com grande euforia em Berlim Ocidental. Muitas boates perto do Muro espontaneamente serviram cerveja gratuita, houve uma grande celebração na Rua Kurfürstendamm, e pessoas que nunca se tinham visto antes cumprimentavam-se. Cidadãos de Berlim Ocidental subiram o muro e passaram para as Portas de Brandenburgo, que até então não eram acessíveis aos ocidentais. O Bundestag (Parlamento da Alemanha) interrompeu as discussões sobre o orçamento, e os deputados espontaneamente cantaram o hino nacional da Alemanha.

images-3


Fim do regime militar no Brasil

(1985)

 

    Primeiramente, o Regime ou Ditadura Militar no Brasil foi o regime autoritario que governou o país de 1º de abril de 1964 até 15 de março de 1985. A implantação da ditadura começou com o golpe de 1964, quando as forças armadas do Brasil derrubaram o governo do presidente esquerdista democraticamente eleito João Goulart e terminou quando José Sarney assumiu o cargo de presidente.

   O final do governo militar de 1964 culminou com a hiperinflação, e grande parte das obras paralisadas pelos sertões do Brasil. Devido ao sistema de medição e pagamento estatal, as empreiteiras abandonaram as construções, máquinas, equipamentos e edificações.

Em 8 de maio de 1985, o congresso nacional aprovou emenda constitucional que acabava com alguns vestígios da ditadura. Algumas das medidas aprovadas:

·         Por 458 votos na câmara e 62 no senado foi aprovada a eleição direta para presidente (mas em dois turnos);

·         Com apenas 32 votos contra na câmara e 2 no senado, foi aprovado o direito ao voto para os analfabetos;

·         Os partidos comunistas deixaram de ser proibidos;

·         Os prefeitos de capitais, estâncias hidrominerais e municípios considerados de segurança nacional voltariam a ser eleitos diretamente;

·         O Distrito Federal passou a ser representado no Congresso Nacional por três senadores e oito deputados federais.

·         Acabou com a fidelidade partidária;

 

  Finalmente em 28 de junho, Sarney enviou a emenda constitucional que convocava a Assembleia Nacional constituinte, que foi aprovada em 22 de novembro (Emenda Constitucional 26). Na verdade, por uma conveniência política, a Constituinte seria composta pelos mesmos deputados legisladores.

   Eleita em 15 de novembro de 1986 e empossada em 1 de fevereiro de 1987, a constituinte funcionou até 5 de outubro de 1988 quando foi promulgada a Constituição.

 abaixo-a-ditadura


Fundação do partido dos

trabalhadores (PT) (1980)

O Partido dos Trabalhadores (PT) é um partido político brasileiro. Fundado em 1980, é um dos maiores e mais importantes movimentos de esquerda da América do Sul. Com 1 549 180filiados, o PT é o segundo maior partido político do Brasil, atrás apenas do Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB).

    Maior partido na Câmara dos Deputados. o PT é o partido preferido de cerca de um quarto do eleitorado brasileiro desde dezembro de 2009. Os presidentes brasileiros Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff são amplamente reconhecidos como os membros mais notórios do partido.

    O PT já nasceu com propósitos radicalmente democráticos. Surgiu combatendo a ditadura militar e a opressão burguesa, exigindo nas ruas e nos locais de trabalho respeito às liberdades políticas e aos direitos sociais.

 images-4